Nacional
Valentina

Ex-namorado da mãe critica-a por ter deixado menina ir para casa do pai

Sáb, 16/05/2020 - 11:09

Nelson Andrade, ex-companheiro de Sónia e homem que ‘criou’ Valentina durante seis anos, até o nome da menina tem tatuado.

Nelson Andrade, ex-companheiro de Sónia e homem que ‘criou’ Valentina durante seis anos, até o nome da menina tem tatuado. Está separado da mãe da menina de 9 anos há cerca dois, mas foi ara ela um pai durante seus anos.

Quando se juntou a Sónia, Valentina era bebé e não havia contacto com Sandro Bernardo, que só quando a menina tinha um ano a perfilhou. Foram precisos testes ADN impostos pelo tribunal – em Portugal, a lei não permite que alguém seja filho de pai incógnito – e nem assim ele queria dar o nome à menina.

Ao programa Sexta às 9, da RTP, o homem 42 anos relata o dia em que Valentina foi casa do pai pela primeira vez. Veio de lá com «pulgas, piolhos e nódoas negra». Teria um ano e meio.

Nelson diz não entender o que levou Sónia a deixar Valentina ir para casa do pai e revela que quando soube, ligou a um familiar da ex a questionar a decisão.

Indícios de que não gostava de estar no pai

Foi a 8 de abril de 2019 que Valentina foi encontrada na rua, após ter fugido de casa do pai. A casa não era aquela em que acabaria por morrer mas sim uma outra, da qual o pai foi expulso por não pagar a renda.

A CPCJ não aplicou medidas de promoção e proteção e arquivou o caso de Valentina.

Desde a situação de pandemia, Sónia estaria desempregada e segundo o programa da RTP, a mãe de Valentina estaria a passar muito tempo em casa do namorado, DJ num espaço noturno no Bombarral.

Sandro Bernardo tinha-se despedido pois estava prestes a emigrar para a Bélgica, onde já vive a mãe de Márcia.

As primeiras notícias, quando Portugal conheceu o caso de Valentina, davam conta de que a menina estaria em casa do pai pois a mãe não tinha internet em casa. Outras, indicavam que com a pandemia, e com Valentina em casa todo o dia, Sónia decidiu mandá-la para o pai para poder trabalhar.

Ainda não é claro qual o contacto que levou Valentina ao sítio onde iria morrer. Mas a escola da menina avança que até ao dia 1 de maio, Sónia comunicou com eles por e-mail, por onde lhes enviava fotografias dos trabalhos escolares da filha.

Ainda segundo o mesmo programa, a última vez que Sonia terá falado com a menina terá sido a 3 de maio, no dia da mãe.

Sandro e Márcia ficaram em prisão preventiva e, na sexta-feira, ele foi hospitalizado depois de uma tentativa de suicídio, tendo recebido alta horas depois.

Acompanhe todas as atualizações em Portal de Notícias Impala

Texto: Marta Amorim; Fotos: DR

 

 

Leia a NOVA GENTE sem sair de casa

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador. . .

1 - Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 - Escolha a sua revista

3 - Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 - Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 - Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 - Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

 

Siga a Nova Gente no Instagram