Nacional
Teresa Celestino

9 perguntas com a cronista e especialista em lifestyle da NOVA GENTE

Sex, 17/07/2020 - 14:51

Teresa Celestino celebra o nono aniversário do blogue e responde a nove perguntas da NOVA GENTE. Conheça melhor a cronista da sua revista favorita

1. Três palavras para definir a Teresa Celestino:

Determinada, lutadora, mas profundamente naif....

2. 9 anos no mundo dos blogues são sinónimo de...

Uma infinidade de experiências que jamais seriam possíveis sem este projecto. Desde gastronómicas até a sentimentos de profundo amor...

3. Quais os principais ensinamentos que a Internet e as redes sociais lhe deram?

Se soubermos tirar partido delas de forma positiva, são uma excelente forma de interação a vários níveis. Na pandemia foi, e é a salvação de muitos... Porém, se as usarmos para comparar a nossa vida com a dos outros podem ser bastante nocivas. Até porque nem sempre o que parece é... Há que manter um equilíbrio.

4. O momento mais marcante na carreira de influenciadora digital foi...

Tive imensos, fizeram-me muitas surpresas ao longo dos anos, mas neste momento só me ocorre destacar a contribuição com mimos de algumas marcas para me fazer sentir melhor nesta pandemia. E o enorme destaque para  a Lush e a Garnier que tiveram a simpatia de enviar inúmeros produtos de hidratação para oferecer às enfermeiras e auxiliares que ajudaram a minha mãe... Como sabemos a desidratação das mãos e rosto do pessoal médico foi  e é devastadora nesta fase que vivemos. Ela partiu o colo do fêmur há cerca de 2 meses.  Esteve internada quase mês e meio. Foram momentos de profunda tristeza.

5. O conselho que gostaria de dar a todas os jovens que queiram ter uma carreira no digital é?

Que façam as coisas com alma e por amor e não apenas para receber um benefício em troca. Se assim for, acreditem as coisas vão fluir muito melhor.

6. Como tem vivido a pandemia?

Foi uma enorme alteração na minha vida...Era o tipo de pessoa que tinha eventos todas as semanas e tinha sede de conhecer coisas novas e socializar...Houve alturas em que achei que sufocava. Mas o pior ainda estava para vir. Quando a minha mãe partiu o colo do fémur foi internada e não a podíamos visitar nem um bocadinho que fosse por causa da Covid-19. Foram muitas lágrimas derramadas. Adormecia quase sempre a chorar.  Atualmente estou mais equilibrada e aprendi a tirar partido de alguma 'solidão'.

7. Se só pudesse ter três peças no closet, estas seriam?

Blazer preto, Jeans e camisa branca.

8. Qual a tendência favorita do momento?

Do momento é sempre casual chique.

9. Ser cronista NOVA GENTE é...

Uma honra colaborar para meio que inspira tanta gente!

Siga a Nova Gente no Instagram