Nacional
Renato Seabra

Regressa ao tribunal

Ter, 28/06/2011 - 11:38

O advogado do manequim apresenta hoje em tribunal os relatórios psiquiátricos que comprovam a moção de insanidade, em que assenta a sua defesa.

Renato Seabra sabe hoje se a confissão feita à Polícia Judiciária sobre o homicídio do cronista Carlos Carlos, do qual é acusado, é entendida pelo juíz o Tribunal de Manhattan como um reflexo do seu estado de saúde.

Relembre-se que na última sessão, decorrida a 3 de Junho, o advogado do manequim de Cantanhede apresentou uma moção de insanidade em que assenta a sua defesa."Apresentámos uma moção para provar que ele não sabia que o que estava a fazer era errado", disse David Touger  ao New York Post à porta do tribunal.

O juíz o Tribunal de Manhattan definiu o dia de hoje, 28 de Junho, como o prazo máximo para que sejam apresentados os resultados dos relatórios psiquiátricos do manequim.  

Siga a Nova Gente no Instagram