Realeza
Princesa Diana

Novas revelações

Ter, 01/06/2010 - 15:12

Lady Di foi morta porque planeava desmascarar britânicos envolvidos no negócio de minas anti-pessoais, acusa um representante de Al Fayed.


Michael Mansfield, que representou Mohamed Al-Fayed no inquérito da morte de Dodi e Diana de Gales, garante que a princesa tinha um diário onde desmascarava britânicos envolvidos no negócio das minas anti-pessoais.

Esclarece o advogado: "Ela planeava várias visitas. Esteve em Angola e ia para o Cambodja nesse mesmo ano. estava a planear criar um instituto para as vítimas das minas anti-pessoais."

Michael Mansfield diz ainda que uma caixa de papéis da princesa, com informações cruciais sobre o negócio de armas, desapareceram misteriosamente.

Siga a Nova Gente no Instagram