Nacional
Pedro Pinto

Conheça melhor o jornalista da TVI. «Falar dos meus pais não é fácil»

Sáb, 26/05/2018 - 15:40

Pedro Pinto foi o convidado de Fátima Lopes em mais um episódio de Conta-me Como És. Durante a emissão vários amigos falam de Pedro.

Pedro Pinto foi o convidado desta semana do programa Conta-me Como És, apresentado por Fátima Lopes.

O jornalista foi confrontado com vários momentos desde que nasceu, até à sua chegada à TVI.

Vários amigos foram chamados a surpreender o rosto da estação, nomes como Ana Sofia Vinhas e António Prata.

Ana Sofia Vinhas partilhou a apresentação do jornal da TVI durante vários anos ao lado de Pedro Pinto. Ao fim de oito anos em Queluz de Baixo, a jornalista foi convidada para um novo projeto que a fez abandonar a estação.

Pedro conta como foi a sua reação ao saber que a sua colega de longa dada o ia abandonar.

«Pedro eu tenho este convite», revelou Ana Sofia, ao que o pivô rapidamente respondeu «Ana, vai embora».

O jornalista revela ainda ter tido muita sorte em poder trabalhar ao lado de uma pessoa tão «cúmplice e profissional» como Ana Sofia Vinhas.

«Falar dos meus pais não é fácil»

Também o irmão, Carlos Pinto foi chamado a contar algumas peripécias do irmão durante a adolescência.

Ainda assim, o momento que mais emocionou Pedro Pinto foi quando o irmão falou sobre os pais.

«Estamos juntos para sempre, como os nossos pais gostariam», revela Carlos Pinto.

Pedro Pinto não conteve a emoção uma vez que os pais partiram apenas há dois anos, uma dor que ainda é visível nos olhos do jornalista.

«O legado que podemos dar aos nossos pais é estarmos sempre juntos e mais unidos que nunca», revela o jornalista.

Com dificuldade, Pedro Pinto conta alguns pormenores dos dias seguintes à partida dos pais e revela que estes partiram num «espaço muito curto entre eles» e de «forma muito dolorosa».

Tanto para Pedro como para os irmãos a morte dos pais levou a que se sentissem «perdidos» e sem as suas «referências», das quais só se aperceberam que tinham quando os pais partiram.

«Tenho de honrar os meus pais»

O trabalho de Pedro Pinto foi desde sempre acompanhado pelos pais e prova disso é a vontade que o jornalista mostra em trabalhar mais e melhor a cada dia que passa para que consiga «honrar» os progenitores.

«Eles sempre se orgulharam pelo que eu e os meus irmão fizemos», conta.

Cristina Mourão, a eterna apaixonada

Além dos amigos e dos irmãos, também Cristina Mourão, mulher de Pedro Pinto há já 20 anos, quis deixar um testemunho sobre a sua relação com o jornalista.

Sem papas na língua a cara metade de Pedro Pinto revelou: «Sinto-me apaixonada todos os dias».

Cristina Mourão aproveita ainda o momento para fazer uma declaração de amor ao seu eterno apaixonado.

«Gosto imenso de ti, tens sido um companheiro de vida extraordinário»

Os filhos de um pai babado

Zé Maria e Francisco quiseram deixar um miminho ao pai, mas o mais novo, Francisco, quis deixar bem claro que não gosta de quando o pai começa a cantar, ainda assim afirma que o pai é «o melhor amigo e grande companheiro».

Também Zé Maria mostrou a paixão que tem pelo pai, especialmente quando fazem planos a dois como ir assistir à Fórmula 1 ou a jogos de futebol, para ele são «90 minutos em que estamos juntos, são momentos únicos».

Fotos: D.R.

Siga a Nova Gente no Instagram