Nacional
Pedro Osório

Não resistiu a um cancro

Sex, 06/01/2012 - 10:17

O maestro morreu hoje (6 de janeiro), vítima de doença prolongada. Pedro Osório estava internado no Hospital São Francisco Xavier desde quarta-feira.

Pedro Osório perdeu hoje (6 de janeiro) a batalha contra o cancro. O maestro estava internado no Hospital São Francisco Xavier desde quarta-feira e, aos 72 anos, acabou por não resistir a complicações provocadas pela doença.

O corpo do compositor vai ser velado sexta-feira na Sociedade Portuguesa de Autores e seguirá depois para o Porto, de onde Pedro Osório era natural. Recorde-se que o maestro foi também diretor musical e trabalhou de perto com vários artistas nacionais, nomeadamente Sérgio Godinho, Fernando Tordo, Carlos do Carmo, Carlos Paredes, Rui Veloso, Carlos Mendes, Herman José, Lúcia Moniz ou Xutos e Pontapés. Os seus trabalhos foram também presença constante no Festival da Canção, sendo da sua autoria a música portuguesa que melhor ficou classificada no festival da Eurovisão, O meu coração não tem cor, interpretado por Lúcia Moniz.

O talento do maestro tinha sido recentemente reconhecido pelo Ministério da Cultura que o agradiou com a Medalha de Mérito Cultural e o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, condecorou-o com a comenda da Ordem da Liberdade.

Siga a Nova Gente no Instagram