Saúde e Beleza
Menopausa

Menopausa e osteoporose - Rastreio e prevenção

Qua, 04/12/2019 - 08:00

A osteoporose é considerada o segundo maior problema de saúde a nível mundial, a seguir às doenças cardiovasculares.

Artigo de opinião

Por Dra. Ana Candeias - Assistente Hospitalar de Ginecologia e Obstetricia

A principal causa de osteoporose nas mulheres é a carência de estrogénios na menopausa.

Outras causas para a perda acelerada da massa óssea são a vida sedentária, baixa ingestão de cálcio e vitamina D, tabaco, álcool em excesso, distúrbios da tiróide e terapêuticas com corticoesteroides. 

É fundamental a pratica regular de exercício físico, caminhadas e outras actividades com carga ao osso, de preferência ao ar livre para usufruir da exposição solar e aumentar a produção de vitamina D. 

O exame de referência para avaliação da densidade mineral óssea é a Densitometria e o resultado pode ser classificado em normal, osteopénia (diminuição da massa óssea) ou osteoporose (perda grave da massa óssea e risco de fractura).

Os tratamentos actuais para a osteoporose, aumentam a fixação de cálcio no osso, mas não revertem completamente a perda de massa óssea, pelo que a prevenção é essencial.

A Terapêutica Hormonal na menopausa, quando não contraindicada, contribui significativamente na prevenção da osteoporose, com redução do risco de fracturas.

 

Tire as suas dúvidas

Sabia que pode tirar as suas dúvidas sem se quer sair do sofá? Pois, é verdade. Através do e-mail saude.novagente@worldimpalanet.com poderá ter a resposta que precisa para o seu estado de saúde.

O tempo de resposta ao mesmo vai depende do volume das mensagens recebidas dos leitores.

 

Dra. Ana Candeias - Assistente Hospitalar de Ginecologia e Obstetricia

Siga a Nova Gente no Instagram