Nacional
Mariza

Mostra fotos raras de família e recorda «preconceito»: «Todos nos olhavam, pois éramos muito diferentes»

Sex, 05/06/2020 - 12:20

A propósito da morte do afro-americano George Floyd, a fadista Mariza mostrou fotos da sua infância e família e contou que foi vítima de «preconceito».

O caso de George Floyd, o afroamericano de 46 anos que morreu após um polícia se ter ajoelhado sobre o seu pescoço, chocou os Estados Unidos e o mundo, levando muitos famosos a manifestarem-se contra o racismo. Mariza contou a sua história e partilhou imagens raras suas e da família.

«Sou filha de mãe mestiça moçambicana e pai branco português. Nasci em Moçambique. O meu pai, José Brandão Nunes, teve a coragem naquele tempo, há 53 anos, de se casar com uma mestiça, a minha mãe, Maria Isabel C.D dos Reis», começa por descrever.

«Fui vítima de muito preconceito»

A fadista recorda que veio para Portugal com a família quando tinha três anos. «Todos nos olhavam, pois éramos muito diferentes do que estavam habituados. Cresci com pessoas maravilhosas, mas também fui vítima, e a minha mãe mais, de muito preconceito», desbafa.

A intérprete de Gente da Minha Terra adiantou que «nunca» ensinou ao filho, Martim, de oito anos, «nada sobre raças. «Aliás, ele nem fala nisso, nem sabe o que é. Tudo tem a ver com a forma de educar, a alma e a mente», acrescenta.

Mariza diz-se «mestiça numa Lisboa lusófona, do mundo, mas tão portuguesa». «Os meus pais nunca me ensinaram a diferenciar ninguém pela cor, pela religião, fação política ou por ser rico ou pobre», confessa. «Aqui vos mostro um pouco da minha família, avó, pais… Aquilo que faz de mim quem eu sou. Sou mestiça  sim, com muito orgulho! Chamo-me… Mariza dos Reis Nunes», termina.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: DR

 

Leia a NOVA GENTE sem sair de casa

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador. . .

1 - Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 - Escolha a sua revista

3 - Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 - Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 - Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 - Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

 

 

Leia a NOVA GENTE sem sair de casa

Vivemos tempos de exceção mas, mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador. . .

1 - Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 - Escolha a sua revista

3 - Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 - Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 - Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 - Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

 

Siga a Nova Gente no Instagram