Nacional
Mariana

A menina-coragem

Seg, 03/05/2010 - 16:04

Há dez anos, apenas com uma semana de vida, foi submetida a uma operação de risco ao coração. Hoje, Mariana faz uma vida normal e quer ser campeã de bodyboard.

Na NOVA GENTE desta semana, contamos parte da história de Mariana. A mãe, às 22 semanas de gestação, soube que a filha sofria de uma cardiopatia congénita. Em casos normais, a criança morreria à nascença. Mas Arlete Pinto não desistiu... Mariana nasceu em Agosto de 1999, com 3,275kg. Enquanto esteve no útero da mãe não correu perigo.

O parto foi, por isso, um misto de alegria e angústia. Com apenas uma semana de vida, Mariana foi sujeita a uma cirurgia ao coração, que não era maior do que uma bola de pingue-pongue. Só assim poderia viver. A operação correu bem e, aos 17 dias de vida, pôde sair do hospital.

O programa Perdidos e Achados, que foi transmitido no domingo passado na SIC, mostrou, pela primeira vez, o que é feito desta menina. Esta é a imagem da nova Mariana. Tem que fazer um exame ao coração por ano, tem aulas de piano e faz bodyboard. Quer ser uma campeã.

Siga a Nova Gente no Instagram