Nacional
Maria Cerqueira Gomes em lágrimas

História de bebé com malformações deixa apresentadora comovida

Ter, 03/12/2019 - 19:00

Maria Cerqueira Gomes não conseguiu conter as lágrimas ao ficar a conhecer parte da história de Lucas, um bebé de apenas seis meses

Maria Cerqueira Gomes é de lágrima fácil, mas quando o tema são crianças a apresentadora da TVI não consegue mesmo não reagir. Esta terça-feira, 3 de dezembro, Ana Leal foi apresentar um excerto da reportagem que vai ser transmitida esta noite no Jornal das 8, que dá conta da história de um outro bebé que nasceu com malformações.

Enquanto era apresentado o vídeo com as declarações da mãe do bebé, Maria Cerqueira Gomes, que tem um filho bebé, além de uma menina de 15 anos, não conseguiu conter as lágrimas com o que estava a ser mostrado.

Durante o vídeo, a mãe de Lucas, de apenas seis meses, revelou que o filho nasceu com o coração no lado direito, ou seja, sobreposto ao pulmão. «Ele tem o coração no lado direito. É um órgão que não está no lugar onde devia estar. O dele é mesmo do lado direito, fica sobreposto ao pulmão, como é que é possível não verem uma coisa dessas?», questionou a mãe de Lucas.

Questionada por Ana Leal sobre o que tinha mudado na sua vida após o nascimento do filho, a mulher contou que «mudou tudo», uma vez que já tinha um menino mais velho e que por causa do irmão até a vida desta criança teve de sofrer alterações. «Mudou tudo. Não posso ir ao parque brincar com o meu filho como costumava ir. Ele chega-me a dizer: 'Mãe antes saiamos tanto e agora já não vamos para lado nenhum'. E aí eu tenho que lhe explicar que o mano não pode ir.»

De regresso ao estúdio, Maria Cerqueira Gomes não conseguiu não reagir e viu-se que a apresentadora ficou comovida com a história que tinha acabado de ouvir.

«Fiquei destruído naquele momento»

Durante a apresentação da reportagem, também o pai de Lucas deu declarações a Ana Leal tendo-lhe contado que no momento em que soube o que se passava com o filho tinha ficado «destruído».

A família contou ainda que antes do nascimento do bebé, as ecografias que realizavam nunca passam dos dois minutos, algo que não é normal.

Texto: André da Silva Carvalho; Fotos: Reprodução Instagram

Siga a Nova Gente no Instagram