nacional
Manuel Luís Goucha

Passa-se com comentários ofensivos por ter comprado gatos e atira: "Bem hajam e um miau"

Seg, 26/06/2023 - 09:00

Manuel Luís Goucha não gostou das críticas que recebeu na época por ter comprado gatos ao invés de adotar e deixou um recado aos "moralistas de plantão".

Manuel Luís Goucha recorreu às redes sociais, este domingo, dia 25 de junho, para responder aos "comentários ofensivos" que lhe fizeram, ou seja, para deixar mais um recado aos “moralistas de plantão”. O apresentador começa por explicar que este assunto vem no seguimento de uma entrevista que fez a Rui Melo: “Ele confessou que o havia comprado (um cão), mas imediatamente se arrependeu de o ter feito”. 

Como tal, Goucha relembrou os comentários também desagradáveis de que foi alvo por ter comprado dois gatos: “Quando publiquei a primeira fotografia do Tristão e da Isolda, eram bebés, imediatamente surgiram largas, larguíssimas dezenas de comentários muito desagradáveis nas minhas redes sociais”. E acrescentou: “Muitos deles ofensivos. Que eu era um vaidoso, que eu era um traste. Que eu devia era ter adotado os animais e não comprado gatos. Que eu havia feito isto apenas por vaidade uma vez que estes gatos estão na moda”. Em resposta revelou que todos os outros 11 animais não foram comprados: " foram-me oferecidos, resgatados ou adotados e apenas dois foram comprados [Tristão e Isolda]. Se voltasse atrás, eu voltaria a comprá-los”."

No vídeo conta a história de cada um dos seus 13 animais, entre cães e gatos, que se dividem pela casa em sitnra e pelo monte no alentejo. Por fim, atira: “Eu assumo aqui o meu pecadilho. Aquilo que me faz sentir bem é que, em cada moralista de plantão, haverá uma pessoa que já terá adotado um animal ou se por ventura não adotou, terá certamente contribuído para um donativo em dinheiro”. E remata com tom irónico: “Bem hajam por tamanha vontade e um miau. Dois miaus, do Tristão e da Isolda. Os dois comprados. E em Barcelona, ainda por cima. Que vergonha”.

Veja aqui a história de todos os animais:

 

 

 

Texto: Maria Constança Castanheira; Fotos: Redes Sociais

Siga a Nova Gente no Instagram