Internacional
Jornalista Lara Logan

Vítima de ataque sexual

Qua, 16/02/2011 - 10:09

A jornalista da CBS estava a cobrir os acontecimentos no Egipto quando foi atacada por uma multidão que a espancou e agrediu sexualmente.

Lara Logan estava ao serviço da CBS a cobrir os recentes acontecimentos no Egipto quando foi atacada. A jornalista estava com uma equipa a reportar os festejos na Praça Tahrir, no Cairo, no dia em que Hosni Mubarak renunciou (11 de Fevereiro).

"No tumulto, ela foi separada de sua equipa. Foi cercada e sofreu um ataque brutal e sexual, além de ser espancada, antes de ser salva por um grupo de mulheres e cerca de 20 soldados egípcios", afirmou a CBS.

A sul-africana, de 39 anos, é há vários anos correspondente de guerra e estava a trabalhar para o programa 60 minutes. Depois do ataque, regressou aos Estados Unidos, onde se encontra a recuperar.

Siga a Nova Gente no Instagram