Nacional
Joana Madeira

Reage à expulsão: «Não consegui. Não sou de fingimentos»

Qua, 01/11/2017 - 16:48

Joana Madeira falou sobre a participação no «Biggest Deal» e explicou críticas a que foi sujeita

Durante um mês o público pôde conhecer Joana Madeira e toda a sua personalidade, no entanto, a experiência acabou. A humorista foi expulsa este sábado (dia 28) e só esta terça-feira (dia 31) se manifestou perante a sua saída.

«Voltei. Obrigada a todos por serem tão fofinhos comigo. Foi um mês incrível onde conheceram a Joana por inteiro. A Joana que ri, chora, grita, é parva, diz disparates, zanga-se e acima de tudo que não faz fretes. Diverti-me e fui feliz», começou por dizer.

A mulher do humorista Eduardo Madeira revelou que estava na altura de voltar.

«Mas estava na hora de voltar para casa. Mostrei na última semana o quanto estava a precisar de voltar. Podia ter tentado fingir que ainda lá queria estar. Podia. Mas não consegui. Não sou de fingimentos. Sou exatamente aquilo que sinto. Tal como viram. Aquela foi a minha casa durante um mês e de onde só me chegam coisas boas. Foi minha por um mês, mas tenho a certeza que deixei um bocadinho meu nela também. Desculpa casa por não ter aguentado mais, mas apesar de gostar muito de estar aí o que tinha cá fora estava a tornar-se a cada dia mais importante.»

Joana Madeira, de 26 anos, no final do longo texto que escreveu nas redes sociais agradeceu a Teresa Guilherme e a Bruno Santos, Diretor Geral de Antena e Programas na TVI, por «acreditarem».

(Ler mais...)

Fotos: D.R.

Siga a Nova Gente no Instagram