Nacional
Isabel Figueira

Encontrada "estendida na cozinha" pelo pai quando sofreu um burnout

Dom, 12/09/2021 - 11:30

Isabel Figueira sofreu um 'burnout' - ou esgotamento - há oito anos e tomava comprimidos para dormir. Numa situação, sentiu-se mal e teve de telefonar ao pai.

Isabel Figueira sofreu um 'burnout' e o pai chegou a encontrá-la estendida no chão da cozinha. Este episódio foi contado pela atriz e apresentadora da TVI, durante uma entrevista a Maria Cerqueira Gomes, no programa "Conta-me" deste sábado, 11 de setembro.

"Houve momentos da minha vida que foram muito duros. (...) Muitas vezes não queria sair de casa, não tinha estrutura para reagir", contou Isabel Figueira, de 40 anos, reforçando que a história da sua vida "não é muito fácil".

Isabel Figueira, que os telespectadores podem ver na novela "Amar Demais", na TVI, ou como apresentadora do "Somos Portugal", emocionou-se ao revelar que sofreu um 'burnout' há cerca de oito anos. "Automedicava-me para dormir e houve um dia em que o corpo deu de si", contou, explicando que tudo aconteceu depois do divórcio: "Passei por uma série de situações muito duras em que eu nunca esperei passar na vinha vida. Tive situações, sem me focar muito nelas porque fazem parte do meu passado, que me magoaram muito. Fizeram coisas inacreditáveis e eu não estava preparada para isso e guardava para mim. Exteriorizava pouco e houve um dia que rebentei".

"Fiz durante muito tempo psicoterapia que me deu as ferramentas necessárias", disse, levando Maria Cerqueira Gomes a questionar quando é que Isabel Figueira se tinha apercebido do estado em que estava. "Percebi da pior maneira. Quando estava a tomar comprimidos para dormir, senti-me mal e mandei uma mensagem ao meu pai. Quando [ele] chega, eu estava efetivamente estendida na minha cozinha", contou. "Já não dormia há uma série de meses, estava com uma série de situações à minha volta que não conseguia gerir", sublinhou, confessando que, na altura, não procurou ajuda: "Tinha [preconceito]".

Já sobre o seu trabalho como DJ, Isabel Figueira recordou que não foi, igualmente, fácil. "Posso dizer que muitas vezes fui sem alma trabalhar. Fiz por dinheiro, porque precisava para pagar as minhas contas", admitiu, deixando bem claro: "Foi uma fase que aprendi muito, que estou muito grata. Também não quero esquecer aquilo que me meteu comida na mesa durante anos".

Isabel Figueira é mãe de Rodrigo, de 15 anos, fruto da relação já terminada com César Peixoto, e de Francisco, de oito, da antiga relação com o empresário João Sotto-Mayor.

Texto: Márcia Alves; Fotos: Reprodução redes sociais e D.R.

Siga a Nova Gente no Instagram