Internacional
Director Do Fmi

Na prisão de Renato

Ter, 17/05/2011 - 09:43

Dominique Strauss-Khan viu ser-lhe negado o pedido de caução, por isso, vai esperar julgamento na prisão de Rikers Island, a mesma em que está detido Renato Seabra.

Dominique Strauss-Khan foi ontem presente a tribunal, mas viu-lhe ser negado o pedido de libertação sob caução. Agora, espera julgamento no mesmo estabeecimento onde está Renato Seabra, o modelo português acusado do homicídio de Carlos Castro.

Strauss-Kahn "vai passar a noite em Rikers Island, numa cela individual", disse à agência noticiosa francesa AFP uma fonte das autoridades prisionais nova-iorquinas, que pediu anonimato. "Ele não terá contacto com outros prisioneiros. Mesmo quando sair, será acompanhado por um guarda", acrescentou.

Recorde-se que o director do Fundo Monetário Internacional foi acusado de agressão sexual, tentativa de violação e sequestro de uma empregada de hotel no quarto onde estava hospedado em Nova Iorque. Segundo o site francês Atlantico, o relatório policial que foi enviado para as autoridades consulares francesas em Nova Iorque revela que "foram encontrados arranhões no torso de Dominique Strauss-Kahn" e há vestígios de ADN que incriminam o francês.

Siga a Nova Gente no Instagram