Nacional
D.A.M.A na pele de «Super-heróis do Zoo»

Miguel Cristovinho, Miguel Coimbra e Francisco Pereira juntam-se para apadrinhar três animais

Sex, 06/04/2018 - 14:33

Os D.A.M.A juntaram-se ao Jardim Zoológico para proteger um projeto de conservação do espaço em Lisboa.

O Jardim Zoológico, no âmbito do filme Os Super-heróis da Selva, com data de estreia marcada para dia 19 de abril, juntou-se aos cinemas NOS e à reconhecida banda portuguesa D.A.M.A para um apadrinhamento muito especial.

Miguel Cristovinho, Miguel Coimbra e Francisco Pereira, que dão voz aos protagonistas Maurício, Gilberto e Miguel, aceitaram o desafio do Zoo e apadrinharam três animais das espécies que representam no grande ecrã - um Pinguim-do-cabo, um Gorila-ocidental-das-terras-baixas e um Lémure-preto, respetivamente, que estão classificados como «Em Perigo», «Criticamente em Perigo» e «Vulnerável» pela União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN).

Conscientes dos perigos que ameaçam a continuação de diversas espécies no nosso planeta – como a poluição dos oceanos, a sobre-exploração pesqueira, a desflorestação, a caça, entre muitas outras - e da necessidade de transmitir mensagens de sustentabilidade e de conservação às gerações mais jovens, os D.A.M.A visitaram a «Arca de Noé» lisboeta, abraçaram a sua missão de educação e contribuíram, através do apadrinhamento, para o projeto de conservação da Instituição mais selvagem do país.

O Jardim Zoológico participa em diversas campanhas de conservação organizadas pela EAZA (Associação Europeia de Zoos e Aquários) tendo, em 2005, criado o seu próprio Fundo, através do qual financia projetos de conservação em todo o mundo.

Os D.A.M.A foram «super-heróis do Zoo» por um dia e contribuíram para a manutenção e bem-estar dos seus afilhados. Junte-se a eles, pois afinal «só vivemos uma vez, não viva(s) em vão» e a extinção é para sempre.

Fotos: DR

Siga a Nova Gente no Instagram