Sabores
Comida no ponto

7 dicas para organizar o seu frigorífico

Qua, 08/04/2020 - 13:55

Quando usamos o frigorífico queremos sempre arrumação, conservação e comida no ponto. Por isso, existem regras que devemos respeitar no que toca à organização deste eletrodoméstico

Frigorífico

Quando abre a porta do frigorífico existem três exigências que faz sempre: arrumação, conservação e comida no ponto. Para que tenha os seus alimentos sempre nas melhores condições, existem sete regras que deve respeitar quando chega a hora de arrumar o frigorífico. 

Se acabou de chegar do supermercado e precisa de armazenar as compras, tome nota destes dicas essenciais que vão ajudá-lo(a) a ter ingredientes sempre frescos e com qualidade durante mais tempo. 

1. Limpeza e arrumação

Um frigorífico limpo e arrumado é agradável à vista e ao paladar. Tente limpar o seu frigorífico uma vez por mês, não só deitando a comida que já não se encontra em condições fora, mas também limpando prateleiras e borrachas com um pano húmido.

Deve também ter em atenção que as prateleiras devem ter espaço entre os alimentos, só deve forma o ar circula e previne que a comida se estrague. 

2. Alimentos já preparados nas prateleiras superiores

As prateleiras superiores são os locais menos frescos do frigorífico, como tal, devem ficar reservadas para os alimentos que não precisam de ser preparados ou cozinhados. 

Se sobrou um resto do jantar de ontem, coloque numa caixa e guarde-a nas prateleiras superiores. As bebidas e os alimentos prontos para consumo (iogurtes, quejo, etc) também pertencem aqui.

E não se esqueça da charcutaria, o fiambre pode ficar ao pé do queijo na parte de cima do frigorífico. Assim como as ervas aromáticas. Tudo bem conservado, explica o Greatist.

3. Prateleiras inferiores são as mais frescas

As prateleiras inferiores são as mais frias do frigorífico, por isso, guarde aqui as carnes cruas, os ovos, o marisco ou os laticínios. Estes alimentos têm uma maior probabilidade de se estragarem, como tal, têm de estar bem acondicionados e arrumados. 

4. Gavetas para frutas e legumes

As gavetas do seu frigorífico devem ficar reservadas para as frutas e os legumes. Dado que estas são menos frias do que as prateleiras, vão ajudar a manter a qualidade dos produtos. 

É importante não misturar frutas e legumes, como tal, pode recorrer a cestos, sacos e caixas que os dividem de forma a evitar o contágio de bactérias ou a transmissão de odores. 

As zonas menos frias ficam reservadas para os legumes e fruta, estas prateleiras são, portanto, ideais para ingredientes crus, ou que não necessitam de tanto frio.

 

5. A porta do frigorífico é «perigosa»

A porta do frigorífico pode ser «perigosa» para a nossa comida uma vez que as oscilações de temperatura são muitas. Por isso, os alimentos que lá pode guardar são poucos. Restrinja-se apenas a sumos que não sejam frescos e as condimentos

6. Atenção ao congelador!

Com as gavetas e a porta fechadas ninguém imagina o que lá se passa, mas a forma como guarda os alimentos no congelador também deve ser cuidada. Por isso, tente dividir as gavetas por categorias de alimentos e mantenha tudo em sacos ou recipientes de plástico. 

Evite as caixas de vidro, pois corre o perigo de estalarem e estragar não só o que guardar, mas tudo o que as envolve. 

7. Há alimentos que pertencem à despensa

O hábito de colocar os alimentos no frigorífico para evitar que se estraguem nem sempre está correto. Em causa, pode estar a alteração dos nutrientes, do sabor e da qualidade.

Eis os sete alimentos que as pessoas guardam erradamente no frio.

Pontos de Venda das Nossas Revistas

Siga a Nova Gente no Instagram