Nacional
Cláudio Ramos

O «trauma» de infância que ainda hoje atormenta o apresentador

Qui, 27/02/2020 - 18:08

Cláudio Ramos é um homem confiante e, ao longo dos últimos anos, enfrentou as câmaras diariamente. Porém, a um «trauma» que atormenta o apresentador e está relacionado com a parte estética

Cláudio Ramos é um apresentador com uma carreira repleta de anos em frente às câmaras. Sempre se mostrou confiante, porém há um «trauma» que o afetou durante grande parte da sua vida e que ainda hoje o atormenta.

O novo rosto da TVI confessa, no livro Eu Cláudio, que viveu durante «muitos anos» com o desgosto de não conseguir «rir como toda a gente». «Durante anos vivi com o trauma, posso chamar-lhe assim, de não ter um sorriso bonito», começa por contar.

«Esses anos, foram muitos anos, porque nunca consegui rir como toda a gente à minha volta. Com à-vontade», escreve. Cláudio Ramos explica que sofreu um acidente em criança que o deixou com a dentição afetada. «Confesso que vivi sempre com o enorme complexo de ter uns dentes feios – fruto de um acidente em criança.»

«Não gosto de me ver rir porque acho mesmo que não me favorece»

Ainda hoje, o apresentador - que trocou recentemente a SIC pela TVI para ir apresentar o Big Brother - tem complexos com o seu sorriso, apesar de já ter corrigido o problema e se mostre com uma dentição perfeita.

«Gosto de rir (…) Acima de tudo, rio-me de mim, que é uma coisa que as pessoas fazem pouco e me inquieta bastante. Pode parecer incoerente, porque já disse muitas vezes que não gosto de me ver rir porque acho mesmo que não me favorece», partilha.

Eu Cláudio é o nome do novo livro do apresentador da TVI. E, também, o mais pessoal.

«O livro onde sou mais eu (…) Quero muito que me percebam através das páginas dele. Foi tão cuidadosamente preparado que todo ele é amor e verdade», explica sobre a obra que chega esta quinta-feira, 27 de fevereiro, às livrarias

Texto: Inês Neves; Fotos: Impala e reprodução Instagram

Siga a Nova Gente no Instagram