Nacional
Caso

Diretora de casting portuguesa revela ter sofrido assédio sexual

Qua, 18/10/2017 - 19:57

Patrícia Vasconcelos fez uma revelação surpreendente ao contar um episódio que viveu com o ator francês, hoje com 68 anos

O assédio sexual está na ordem do dia. A revelação de casos por figuras públicas repete-se, não só no estrangeiro, mas também em Portugal.

Desta vez foi Patrícia Vasconcelos, diretora de casting portuguesa, quem surpreendeu ao contar um episódio que viveu e que envolve o ator francês Gerard Depardieu, de 68 anos. A revelação foi feita durante a conferência «Mulheres nas Artes: Percursos de Desobediência», que decorreu nas instalações da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, e que contou também com a presença da atriz Rita Blanco e da realizadora Leonor Teles.

«Lembro-me de um caso com o Gerard Depardieu, que estava em Lisboa a fazer um casting para dois filmes, e há uma altura em que estou a filmar e ele mete-me a mão no rabo. Chamei-o de lado e disse-lhe: ‘Nunca mais na vida me metes a mão no rabo!», contou a filha do realizador António-Pedro Vasconcelos. Apesar de ter colocado Gerard Depardieu no lugar, mais tarde, este voltou a assediá-la. A diretora de casting resolveu ser mais agressiva e bateu-lhe «na mão».

Patrícia Vasconcelos faz estas revelações numa altura em que muitas atrizes norte-americanas resolveram assumir que foram vítimas de assédio sexual por parte do produtor de Hollywood, Harvey Weinstein.

Fotos: Impala e Reuters

Leia também:

Diana Félix da Costa

Publicação da atriz sobre os incêndios gera role de críticas

Incêndios

Bebé de um mês dado como morto, afinal, está vivo

Sofia Sousa

Mostra em pormenor o quarto da filha (fotos)

Dicas

Só para mulheres que querem ter o rabo perfeito

Siga a Nova Gente no Instagram