Nacional
Bárbara Norton De Matos

Revela ter sofrido de anorexia e bulimia: «Eu não gostava de mim própria»

Qua, 11/12/2019 - 22:20

Bárabara Norton de Matos esteve à conversa com Júlia Pinheiro, onde revelou ter sofrido de distúrbios alimentares. «Foi uma fase muito infeliz, foi horrível», recordou.

Bárbara Norton de Matos foi convidada de Júlia Pinheiro no programa das tardes da SIC este terça-feira, 11 de dezembro. Foi precisamente neste contexto que a atriz desabafou sobre uma das fases mais complicadas da sua vida e revelou ter sofrido de anorexia e bulimia, distúrbios alimentares.

Aos 40 anos, Bárbara exibe um corpo escultural e trabalhado, sendo um exemplo para muitas jovens e mulher, mas nem sempre se sentiu confiante na pele que vestia. Quando era mais jovem, a atriz não gostava do seu corpo e tinha uma grande dificuldade em olhar-se ao espelho. «Foi uma altura muito complicada», começou por revelar a Júlia Pinheiro. 

Bárbara Norton de Matos submeteu-se a dietas restritivas e descontroladas, para além de vomitar após a ingestão de alguns alimentos. Esta última parte, confirma assim que, para além de sofrer de anorexia, também lutou contra bulimia, outra perturbação do comportamento alimentar que, muitas vezes, surge associada à primeira.

O sonho em ser mãe e o risco de não conseguir

A atriz da estação de Paço de Arcos confessou que só tomou consciência do que estava a acontecer com o seu corpo quando foi parar ao hospital. Nessa altura a médica pregou-lhe um grande susto dizendo que se continuasse a fazer aquele tipo de dietas, não iria conseguir conseguir concretizar um dos seus maiores sonhos: ter filhos. 

«A médica assustou-me porque disse que, se eu continuasse assim, não ia poder ter filhos e eu, desde muito cedo, que queria ser mãe. Foi um susto», contou a atriz. Olhando para trás, Bárbara assume que viveu uma fase «muito infeliz». «Foi horrível. É muito difícil. Nem eu, hoje em dia, sei o que precisava de ouvir naquela altura para me sentir melhor. Eu não gostava de mim própria». 

Entretanto, Bárbara confessa que toda a sua «parte feminina» veio da madrasta, que considerava uma irmã mais velha. «Eu era muito ‘maria-rapaz’, não cuidava nada de mim, toda a parte feminina que tenho hoje veio da Joana [madrasta] que era como uma irmã mais velha para mim. Eu nem me penteava, tinha sempre ‘ninhos de rato’ e não me despia na praia porque os complexos eram grandes», revelou a atriz.

Para além do apoio da madrasta, Bárbara Norton de Matos precisou de acompanhamento psicológico:  «Não durou muito tempo e ainda bem», desabafou a atriz.

Bárbara continua sem conseguir olhar-se ao espelho

Apesar de ter conseguido ultrapassar essa fase negativa e prejudicial para a sua saúde, as marcas dos distúrbios alimentares permaneceram até aos dias de hoje. «Demorei tanto tempo a gostar de mim que, hoje em dia, ‘vingo-me’ no Instagram», disse a atriz, em tom de brincadeira, fazendo alusão às fotografias que tem publicado em biquíni.

«O que acontece, hoje em dia, é que eu não demoro muito tempo a olhar-me ao espelho. Gosto das coisas ‘isoladas’, ver o conjunto, para mim, é complicado. Sou sincera.», confidenciou a atriz, antes de dar por terminado este assunto.

Texto: Inês Marques Fernandes; Fotos: Arquivo Impala e Reprodução de Redes Sociais

Siga a Nova Gente no Instagram