Nacional
António Sala

Confissões inéditas: “Estive sem fazer TV, mas não foi por falta de convites”

Qua, 26/07/2023 - 15:00

António Sala concedeu uma entrevista intimista a Nuno Azinheira, em exclusivo para a NOVA GENTE, em que fala sobre o seu percurso profissional e faz confissões sobre o seu lado mais privado.

É uma referência da rádio em Portugal e presença assídua na televisão. António Sala já superou quatro tumores, mas nem assim se revolta com Deus. Está casado há 52 anos com a mulher que “suportou a barra” nos momentos mais difíceis. Toca piano todos os dias. “É quase uma terapia.” Mas sente que, se tivesse feito carreira na música, “teria sido apenas mais um”. O comunicador revela ainda: “Estive agora oito anos sem fazer TV, mas não foi à falta de convites. Eram convites para apresentar, mas não me sentia confortável.”

Antes de começarmos esta entrevista, sentou-se ali ao piano e brindou-nos com o seu virtuosismo. Ainda está afinado. Continua a tocar?
Todos os dias toco. É raro o dia, e se não toco é mau sinal. Ou porque não tive tempo, ou porque fui obrigado a mudar a minha rotina.

O que o piano representa para si?
É uma espécie quase de terapia. A maior parte dos meus amigos não concebe o dia sem ir ao ginásio. No meu caso, o piano é a minha ginástica mental e artística.

Leia a entrevista na íntegra na NOVA GENTE desta semana. Em Banca! 

Texto: Nuno Azinheira; Fotos: Nuno Moreira

 

Siga a Nova Gente no Instagram