Nacional Ver Video
Ana Raquel

Quebra o silêncio sobre o casamento com Paulo: «Até aos 44 anos aceitaria, mais não»

Seg, 13/01/2020 - 14:59

Ana Raquel revela o que não correu bem na participação em Casados à Primeira Vista: «Acreditei que tinham em conta o que eu queria. Até aos 44 eu aceitaria, mais do que isso não porque eu referi que não queria»

Ana Raquel foi a «rainha» da polémica da segunda edição de Casados à Primeira Vista. A ex-mulher de Paulo abriu o coração e revela, finalmente, tudo o que correu mal no formato da SIC.

Calada até agora, a técnica administrativa explica o que se passou no programa e porque reagiu da forma que as imagens mostram a muitas situações no programa da SIC ao mesmo tempo que nos mostra Aveiro, a sua terra Natal.

Foi durante um passeio nos moliceiros que Ana Raquel abriu o coração e explicou como recebeu as críticas que lhe foram dirigidas, apesar de não ter lido muito do que se escreveu. «Sei que a fama é passageira. As pessoas nunca me abordaram muito cara a cara, ou não têm coragem ou não têm nada para dizer», ri-se.

Ao passar pela ponte dos apaixonados, Ana Raquel contou que nunca colocou lá nenhuma. «Quando as pessoas estão apaixonadas, não precisam de pôr fitas», justifica. E orgulha-se de também nunca ter colocado na ponte dos enganados: «Nunca enganei nem nunca fui enganada». 

«Tudo o que envolve a minha parte pessoal não gostei»

A irmã de Inês, que também concorreu ao programa, garante que as críticas não feriram a sua auto-estima, mas magoaram-na e assume que vive muito bem com as suas rugas.

«Tudo o que envolve a minha parte pessoal não gostei, eu até posso gostar das minhas rugas, ter muito dinheiro e não querer fazer plásticas. As pessoas não podem falar do que não conhecem», sublinha.

Ana Raquel sabe que tem mais rugas do que Paulo, o ex-marido de 51 anos, e que apesar 'do filme' que fizeram à volta do seu pedido para que o noivo não fosse um homem mais velho, a ex-concorrente do programa sublinha que também nunca pediu um homem de 20 anos 'todo musculado'.

«Acreditei que tinham em conta o que eu queria. Até aos 44 eu aceitaria, mais do que isso não porque eu referi que não queria», termina.

Texto: Ana Lúcia Sousa; Fotos: Helena Morais; Agradecimentos: Viva Ria - Cruzeiro moliceiro (contacto: vivaaria@gmail.com)

Siga a Nova Gente no Instagram