Realeza
Família Real Britânica

As oito palavras que estão proibidos de usar

Sáb, 11/03/2017 - 20:45

Saiba as palavras que a Rainha Isabel II não deixa a família usar

Há protocolos a cumprir. Regras de etiqueta que cada família real constrói e adapta. Em Inglaterra, entre as regras, há palavras que a família real está proibida de usar.

 

Numa entrevista à “New Zealand Herald”, a antropóloga social Kate Fox enumerou alguns dos termos que não podem ser ditos.

Ora veja:

 

Casa de banho (Toilet)

“Toleit” é substituída pela palavra “labatory” (lavatória), sendo considerada mais adequada para a família.

 

Mãe e Pai (Mum and Dad)

Os filhos devem tratar os pais por “mummy” e “daddy”, em vez de apenas “mum” e “dad”.

 

Pátio (Patio)

O palácio da família real de Inglaterra não tem "pátios" ("patios"), mas sim "terraços" ("terraces").

 

Fino (Posh)

Segundo a antropóloga, a palavara “fino” é usada pelas classes mais altas de forma jocosa e irónica. Pelo que, a família real deve optar pela palavra “smart” (elegante).

 

Salão (Lounge)

A família real britânica não passa o seu tempo em "salões" ("lounges"), mas sim em "sitting rooms" ou "drawing rooms".

 

Desculpe (Pardon)

“Pardon” é um termo completamente proibido. Devem sim usar os termos “sorry” (desculpe) ou “what” (o quê).

 

Porções (Portions)

“Helping” é a palavra que deve substituir “portions”, quando se referem a uma determinada quantidade de comida.

 

Perfume (Perfume)

As classes mais altas da sociedade não usam perfumes ou fragrâncias, mas sim um "aroma" ("scent").

 

 


NG top Realeza