Documento
Estância de esqui para todos os gostos

Diversão na neve

Qua, 21/12/2016 - 15:51

Se tem apenas um fim de semana ou pretende ter uma primeira experiência na neve, tanto a serra da Estrela como a serra Nevada, em Espanha, são duas boas opções. Mas se quer aventurar-se um pouco mais, o leque de opções é bem mais vasto. Da Europa, com os Alpes e Pirinéus franceses, até ao Alasca, nos E.U.A., as escolhas são mais do que muitas!

Apreciar um enorme manto de neve é algo simplesmente mágico, especialmente para quem não consegue passar um inverno sem experimentar a adrenalina de descer as mais variadas montanhas. Em Portugal, a serra da Estrela é ideal para quem quer iniciar-se no esqui ou no snowboard, ou então para “matar saudades” de esquiar aqui tão perto, já que esta serra é o único sítio do País onde é possível praticar esqui, andar de trenó, fazer snowboard ou fazer outras atividades relacionadas com a neve. Existem diversas pistas com infraestruturas de apoio e ainda pistas de neve sintética, que permitem esquiar em qualquer época do ano. É caso para dizer “vá para fora cá dentro”! Depois, para os mais exigentes e, claro, abastados, nada como viajar até ao Alasca, um sonho disponível apenas para poucos. Costuma dizer-se que, se existe um verdadeiro destino de neve, esse é no Alasca e na pequena vila de Girdwood. Lá, consegue contemplar os vales de glaciares e as majestosas montanhas Chugach, onde se situa o Alyeska Resort. Um espaço equipado com tudo o que precisa para desfrutar dos desportos de inverno, sem esquecer um ambiente onde reina o conforto, o bem-estar e a hospitalidade. Mas a Europa é também uma opção, um continente onde é possível encontrar uma grande variedade de paisagens, especialmente no que toca a neve. O inverno é diferente consoante o local onde se está. Alguns países, que têm temperaturas realmente baixas, proporcionam cenários perfeitos. E quando o tema é esqui e desportos na neve é impossível não falarmos da Suíça e dos Alpes suíços. Aqui, existem estâncias de esqui para todos os gostos, com níveis bastante simples para os principiantes, mas também encostas mais perigosas para os mais experientes, que gostam de grandes níveis de adrenalina. St. Moritz é, sem dúvida, uma das preferidas dos esquiadores. Também no Velho Continente fica aquela que é uma das mais exclusivas estâncias de esqui: Courchevel, nos Alpes franceses. Aqui, quanto mais alto fica o hotel, mais cara é a estadia. Por isso, se for até lá, é possível que se cruze na pista com alguns dos muitos milionários do mundo que por ali esquiam, depois de aterrarem com os seus jatos privados no minúsculo aeroporto local, considerado um dos mais perigosos do mundo, pois tem uma pista com 20 graus de inclinação e pouco mais de 500 metros de comprimento. Agora, só lhe falta escolher onde vai esquiar este inverno!

Serra da Estrela – Portugal - Desde 450€

A única montanha esquiável em Portugal

Com uma altitude máxima de 1993 metros na Torre, a serra da Estrela é o único sítio em Portugal onde se pode esquiar na neve, andar de trenó, fazer snowboard ou andar de motoski. Existem diversas pistas com infraestruturas de apoio e há ainda pistas de neve sintética.

Sierra Nevada – Espanha - Desde 620€

A vantagem de se esquiar à noite...

Sierra Nevada é a melhor alternativa para os portugueses que gostam de esqui. Não é longe, fica apenas a cerca de sete horas de Lisboa, indo de carro. Se quiser ir de avião, Granada tem aeroporto, embora o aeroporto internacional mais próximo seja o de Málaga, situado a 135 quilómetros da cidade de Granada e a 170 da Sierra Nevada. O esqui e o snowboard são muito famosos em Sierra Nevada, pelos seus altos picos e pelo facto de ser permitido esquiar à noite nas épocas de férias e fins de semana. Tem neve muito aceitável e o ambiente é bastante divertido.

Saalbach – Áustria - Desde 780€

Neve perfeita e vida noturna movimentada

Localizada nos Alpes austríacos, a região é o sonho de qualquer esquiador, pois oferece uma boa rede de pistas e uma neve fina. Os cumes mais altos são o Hochkogel (2249 m) e o Spiegelhorn (2044 m). Aqui, as férias não são só divertimento, mas também pura emoção, uma vez que a vida noturna é bem movimentada.

St. Moritz – Suíça - Desde 1200€

O mais antigo resort de desportos de inverno

St. Moritz é o mais antigo resort de desportos de inverno do mundo e é também um símbolo de glamour. Localizado nos Alpes suíços, ao lado dos lagos Upper Engadine, oferece excelentes opções de esqui, principalmente para pistas selvagens. A área indicada para os principiantes é Corviglia. Para os mais experientes, Diavolezza e Lagalb. Outros desportos que podem ser praticados são o polo, o golfe ou mesmo o cricket na neve.

Fernie Alpine – Canadá - Desde 1300€

Esqui para os aventureiros

É ideal para esquiadores aventureiros, ávidos por descidas íngremes e profundas. Apesar de ter um dos terrenos mais espetaculares e a melhor neve do Canadá, a vila, com pouco mais de 4 mil habitantes, ainda não é um dos destinos de esqui mais badalados. Por isso, não fica cheio de pessoas e as pistas estão sempre impecáveis. Calgary é o aeroporto internacional mais próximo, havendo ainda o de Cranbrook. Por isso, não sai barato para os portugueses.

Courchevel – Alpes – França - Desde 1600€

A estância de esqui mais luxuosa do mundo

Verão na Côte d’Azur e inverno em Courchevel. Este é o programa ideal do crème de la crème da elite mundial. Courchevel é considerada a maior área de esqui do nosso planeta e faz parte do complexo Les 3 Vallées, a maior zona esquiável interligada do mundo. Tem a particularidade de, quanto mais alto, mais caro fica, mas sem dúvida que as pistas valem bem isso, para não falar dos magníficos hotéis e das paisagens de cortar a respiração. Desenganem-se, porém, os que acham que Courchevel serve apenas para esquiar. Os restaurantes maravilhosos, as lojas de grifes, os chalés magníficos, os hotéis de cinco estrelas e, claro, a gastronomia não se ficam atrás. E até estrelas Michelin lá existem.

Alyeska – Alasca – E.U.A. - Desde 1700€

Montanhas infindáveis para esquiar

A cidade de Girdwood é a mais próxima do maior resort de esqui do estado do Alasca, o Alyeska Resort. Tem um aeroporto em Anchorage, a cidade mais populosa. A estação de esqui raramente está lotada e a cidade ainda possui a Crow Creek, a mina de ouro mais famosa do Alasca. A melhor época para ir até lá é em março, quando os dias têm cerca de 12 horas de luz solar.

Texto: LURDES DE MATOS (lurdes.matos@impala.pt) | Fotos: Shutterstock e D.R.


NG top Documento